Ferramentas para Bonsai e Penjing.

Esta matéria é sobre as ferramentas que são usadas na criação de bonsais e penjings, e as que particularmente uso na modelagem de concreto celular. Resolvi fazer esta matéria após o pedido do Carlos Oliveira, que queria detalhes e tem dúvidas nas ferramentas usadas para criação de esculturas com concreto celular (cimento aerado). Para os leitores que querem começar a cultivar bonsai, aqui estão fotos das minhas primeiras ferramentas em ordem cronológica.

Para quem quer começar na arte do bonsai, penjing ou mesmo fazer esculturas com concreto celular, aqui vai um conselho: não compre ferramentas caras no início; improvisar ensina muito, pois adaptar com o que temos à mão em casa é muito recompensador. Depois de alguns meses de iniciar o trabalho de bonsai e ter certeza que quer realmente se dedicar a esta arte, aí é a hora de comprar. A satisfação de comprar as ferramentas especializadas será muito maior, e terá outro sentido.

A planta, sim, é importante no início do aprendizado! Escolher e investir numa bonita muda, com boa formação e começar com uma espécie resistente é muito importante.

Quando eu comecei em 1990 não tinha acesso à ferramentas especializadas para bonsaístas. Usei uma tesoura de poda de jardim para podar raízes e uma tesoura comum de poda de folhagem. Usava uma torquês bem afiada de marcenaria para cortes rentes ao tronco. Agora, uma ferramenta nunca mudou e também é a mais barata de todas: almoçamos em um restaurante japonês e pegamos os hashis (talheres de bambu).

Minhas ferramentas em 1990: 1- Hashi  2- Hashi improvisado 3- Ancinho improvisado 4- Canivete 5- Faca Olfa 6- Vassoura 7- Tesoura de poda grande 8- Tesoura de poda pequena 9-Tesoura 10- Alicate 11- Torquês

A primeira ferramenta:

A primeira ferramenta especializada de bonsai que eu comprei em 1994 foi o alicate de corte côncavo chamado Kobokiri. Esta ferramenta possui um corte muito específico e não temos como improvisar com outra ferramenta o seu corte em um movimento limpo e preciso. Ele penetra no tronco deixando um buraco, que facilita a cicatrização e formação de um Uro, também conhecido como buraco de coruja.  No mesmo ano comprei duas tesouras de poda e o alicate de corte de arame.

Hoje em dia, com a experiência, talvez tivesse comprado o alicate de corte de arame primeiro, pois na tentativa de tirar os arames com outros alicates, às vezes machucava os galhos. E na tentativa de desenrolar o arame de cobre ao invés de cortar, quebrei muitos galhos delicados. Eu só comecei a usar o arame de alumínio, que é muito mais macio, em 1990.

Minhas ferramentas em 1994: 1- Hashi  2- Hashi improvisado 3- Ancinho improvisado 4- Canivete 5- Faca Olfa 6- Vassoura 7- Tesoura de poda grande 8- Tesoura de poda pequena 9-Sentei basami (tesoura de poda) 10- Tesoura de poda aguda 11- Hariganekiri (alicate de corte) 12- Kobokiri alicate côncavo

Minhas ferramentas em 1995/1996: 1- Hashi  2- Hashi improvisado 3- Kumade ancinho  4- Pinça para desfolhar (improvisado) 5- Sentei basami (tesoura de poda) 6- Tesoura de poda aguda  7- Kuikiri (alicate de corte ângular) 8- Alicate de corte curvo 9- alicate de corte reto 10- Hariganekiri (alicate de corte) 11- Kobokiri alicate côncavo

Hoje, um conjunto de ferramentas especializadas está muito mais barato e você já pode comprar as ferramentas dentro da sua nescessidade em separado. Aqui no blog você tem listado os links de vários fornecedores de produtos de bonsai. As ferramentas de aço carbono japonêsas são mais caras, mas são feitas para durar uma vida se utilizadas da forma correta. O importante é fazer sua manutencão. Aqui vão algumas dicas de quem, antes de ter ferramentas de bonsai, já tinha uma katana e uma tati japonesa de aço carbono.

Como manter suas ferramentas por longo tempo:

1- Nunca guarde suas ferramentas após um dia de trabalho sem limpar.

2- Limpar não é tirar a terra grossa que fica aparente nas ferramentas.

3- O maior inimigo é invisível, são as suas gigitais com gordura. O aço carbono oxida em contato com o nosso suor e com a gordura contida nos dedos.

4- Liquído desingripante como WD pode ser utilizado, mas deve ser retirado imediantamente com pano seco.

5- Deve-se passar e deixar uma camada fina de óleo mineral para evitar oxidação.

6- Não use, pela praticidade de estar na mão, a ferramenta para uma função para a qual ela não foi destinada.

Exemplos:

a) Algumas sentei basami (tesoura de poda) de bonsai podem cortar arames grossos como manteiga, mas isso cega e cria microdentes nas tesouras.

b) Deixar uma tesoura apenas para poda de raízes mantem o gume das outras tesouras de poda afiadas por muito mais tempo. As diferenças nas texturas das raízes cegam muito as tesouras. Elas têm que ser constantemente afiadas.

c) Use o alicate especializado de arame apenas para retiradas de amarrações nos galhos e troncos. Para fazer travas de tela e cortar no tamanho de trabalho, use um alicate de corte convencional.

7- Guarde as ferramentas em uma caixa com tampa com feltro ou borracha no fundo. Isto diminui a umidade.

8- Cubra as ferramentas com outro feltro ou pano grosso.

9- Não coloque ferramentas uma sobre as outras.

10- Guarde em lugares sem ou com pouca umidade.

Caixa de ferramentas especializadas para Bonsai e Penjing. Quando a caixa é fechada as ferramentas são cobertas com outro feltro para diminuir a humidade.

Bandeja com ferramentas auxiliares.

A função de cada ferramenta de Bonsai e Penjing:

Tesouras:

Tesouras para Bonsai e Penjing: 1- Pinça 2- Tesoura de corte pesado 3- Tesoura aguda 4- Tesoura de corte pesado  5 à 8- Sentei basami

Sentei basami. Tesoura usada para poda de galhos e raízes. Se você tiver a condição de manter uma tesoura apenas para poda de raízes, manterá o gume das outras tesouras afiadas por mais tempo. Das minhas tesouras de trabalho, as de poda de raízes são as que mais têm que ser afiadas constantemente.

Tesoura de poda para galhos e raízes grossas.

A Sentei basami pode ser encontrada em muitos tamanhos diferentes.

Tesoura da Tramontina criada para cortadores de uva (laranja) e tesoura chinesa que comprei em uma loja de pesca (vermelha). São baratas e de ótima qualidade. Queria que elas já estivessem no mercado em 1990.

Tesoura para desfolhar. Suas lâminas são aguçadas e vão se afilando nas pontas. Podem ser usadas para galhos, rebentos e pendúculos. As extremidades finas permitem que cortes complexos sejam feitos com precisão. Estas tesouras são encontradas em 3 tamanhos.

Mekiri basami. Tesoura longa para manutenção e poda de folhas dentro de copas densas.Eu improvisei esta ferramenta comprando uma tesoura cirúrgica. Uma banca na feira de antiguidades que acontece todo sábado na  praça XV vende para colecionadores ferramentas hospitalares antigas. O aço é de muita qualidade e seu fio também.

Hakiri. Esta pinça serve para desfolhar copas delicadas. Esta ferramenta dá muita velocidade e permite cortes repetidos e rápidos. É a ferramenta que eu mais uso na poda da copa das minha Eugenias.

Pode se utilizar uma tesoura de costura da tramontina. Ela é feita em aço e é muito resistente.

Tesoura de poda fina, ela é retrátil é muito boa para podas longas e de demoradas. Uso muito esta tesoura em Ulmus, Eugênias e Carmonas.

Alicates:

sentei basami,Ferramentas para Bonsai, Bonsai tools, aido bonsai,tramontina

Alicates para Bonsai e Penjing: 1- Yattoko 2-Kobokiri pequeno 3- Kobokiri grande 4- Kuikiri médio 5- Kuikiri grande 6- Alicate curvo 7-Alicate de corte reto 8- Hariganekiri

Kobukiri. Alicate de corte côncavo. Este alicate produz um buraco côncavo, raso, que com o tempo produz um Uro ou buraco de coruja. Na minha opinião, a primeira ferramenta especializada que deve ser adquirida.

Cortes já cicatrizados com sua forma de lábio.

Uros em árvore santigas na natureza.

Alicate de corte reto. Usada para galhos e raízes grossas. Esta ferramenta chega a ter uma presão de 1000 quilos em seu ponto de contato. Você pode encontrar em 5 tamanhos. Esta é uma ferramenta que tem variação grande na largura da sua lâmina.

Kuikiri. Alicate de corte angular. Uma das ferramentas mais úteis para se cortar com destreza rente e nas bifurcações do tronco.

Hariganekiri. Alicate de cortar arames rentes ao tronco. Esta ferramenta possui muito fio pela sua alavanca e corta com facilidade arames de até 5 milímetros. Este alicate, pela sua forma arredondada na ponta, não danifica a casca da árvore.

Alicate de grande porte para cortar arames com mais de 5mm de espessura de cobre, alunínio e aço.

Yattoko. Alicate de Jim. Possuem mandíbulas delicadas e servem para retirar cascas de árvores na criação de um  Jim. Também usadas para manusear arames.

Ferramentas auxiliares:

Kama. Usada para desenvasar o bonsai. Ela ajuda a soltar árvore das laterais do vaso. Esta ferramenta é uma pequena foice e pode ser encontrada desde a grande usada nos capos nas colheitas de arroz até estar com 15cm de comprimento.

Kumade. Esse pequeno ancinho é um escarificador de terra e raízes. O lado oposto ao garfo é usado  para ajudar a desenvasar o bonsai.

Pode se improvisar um Kumade com um Pequeno garfo de churrasco. É só virar suas pontas em um torno.

Nokogiri. Pequeno serrote dobrável. Foi projetado com serras e lâminas finas para não esgarçar a casca do galho. Encontrado em 2 tamanhos. Dependendo do tamanho do tronco e dos galhos a serem cortados, podemos usar todos os serrotes usados em jardinagem.

Hashis, são os tradicionais talheres japoneses. Estes pequenos palitos de bambú são usados para compactação de terra nos espaços das raízes e fazer perfurações no vaso para colocar adubos externos. Podem ajudar também a desenvasar o bonsai. Eu gosto de um que fiz afiando a ponta de um  apanhador de mel, ele dá um apoio para o dedo indicador muito bom. Achei uma vez muito barato 2 pinças em aço. Uma delas eu separei fazendo 2 Hashis que jea duram 15 anos. Os palitos para prender cabelo chineses também servem como Hashis maravilhosos.

Pinça. Usada para retirar insetos daninhos. Para Penjing eu uso um pequeno martelo para quebrar pedras e para plantar pedras escolhidas no vaso. este modelo retrátil tem canivete, espátula e lixa. Lojas de aquário costumam vender pinças importadas de tamanho grande. Elas são usadas para plantar vegetação no fundo do aquário. Elas tem de 15 à 30cm e são excelentes.

Abaixo desenrolador de raízes. Este garfo é usado para soltar e desembaraçar as raízes dos bonsais na hora de uma troca de vaso ou na criacão de um novo trabalho, como mudas compradas em florálias. Uma ferramenta muito usada em Penjing para retirar musgo de paredes e pedras é a espátula de pedreiro .

Ferramentas auxiliares: 1- Faca de pesca (muito fio) 2- Garfo desenrolador de raízes 3- Kama (pequena foice) 4- Kama quadrada da tramontina 5- Formão 6 e 7- Espátulas de pedreiro

A vassourinha é muito usada para limpeza de nebari, retirar folhas, varrer pequenos jardins. Eu faço as minhas com piaçava, pinceis baratos e desfazendo brochas grandes de pintura para call.

Caixa com estiletes. Uso para acabamento em jim e Sharis. São encontradas em loja de modelismo e papelarias especializadas em materiais de artesanato.

Caixa grande

Caixa pequena

Tela para drenagem de água. Essa tela é usada no fundo do vaso de bonsai, fixada com uma trava feita arame de cobre, para que não se mova. Esta tela fica entre o vaso e uma camada de pedrisco, para que a água tenha um bom escoamento e não se  retenha no fundo do vaso.

São encontradas em lojas especializadas em artigos de borracha, agronomia e jardinagem. Eu compro em lojas de 1,99 por 1 real; na verdade, é um mata mosquitos com a haste cortada. Elas são rígidas e podem ser cortadas em vários tamanhos e reaproveitadas. Você pode usar a  haste que sobra como hachi, e quem vende plantas pode usar  como base para colocar etiquetas de preço das plantas.

Apanhador e misturador de terra.

Máquinas de rotação para modelar madeira, pedras e concreto celular:

Retíficas:

As retíficas da Dremel e Makita, entre outras marcas, são usadas para modelar e dar formas à madeira morta. Existem centenas de pontas diferentes para serem usadas, cada qual com uma função específica.

A Dremel é uma retífica que pode ser comprada de 10.000 à 35.000 rotações por minuto. Usadas em modelismo e artesanato, possuem centenas de opções de pontas diferentes. Suas hastes são normalmente de 2 e 3 milímetros. Sua ponta é ajustável e agora existe um acessório que permite pegar pontas maiores de 6mm. É uma máquina de rotação variável e pode se utilizar um cabo extensor. Este cabo permite o uso da máquina como uma caneta, o que a deixa muito confortável e melhor para trabalhos que nescessitem de detalhe. Acho a melhor opção para quem quer trabalhar com bonsais pequenos (mame e shohin).

A Makita é uma retífica de uso profissional de 25.000 rotações por minuto, e usa pontas maiores com hastes suporte de 6 mm. Ela tem o inconveniente de não ter a velocidade regulável. Sua velocidade é plena o tempo todo. Tem que se tomar muito cuidado e obrigatoriamente utilizar óculos de proteção e luvas, se tiver utilizando as pontas “disco de escova”. As pontas de aço voam com o atrito e podem atingir os olhos, o que é muito perigoso. A Makita é a maquina obrigatória para quem trabalha com bonsais de grande porte, estilo madeira morta.

Modelagem de concreto celular:

Para a criação de montanhas e pedras para os meus penjings, eu utilizo o concreto celular, também chamado de cimento aerado. Para dar formas orgânicas no concreto celular, as pontas redondas da Makita são ideais. A alta rotação desenha o concreto com rapidez e leveza, mas levanta uma poeira muito fina. É obrigatório o uso de óculos e máscara de respiração. Pode se molhar o concreto, o que não deixa a poeira levantar e não muda o trabalho. De qualquer maneira, o ideal é trabalhar em áreas externas. Se alguém quiser trabalhar em casa, meu conselho é usar as ferramentas tradicionais, que estão na fotografia abaixo:

Ferramentas para modelar o concreto celular: 1- Escova de aço 2- Grosa de dente grande 3- Grosa de dente pequeno 4- Grosa de dente grande 5- Formão 6- Formão fino  7 à 13 – Entalhadeiras 14 e 15- Grosas finas 16- Serrote para concreto celular (dentes grandes)

Existe um serrote de dentes largos especialmente feito para serrar o concreto celular; ele é usado para diminuir o tamanho dos blocos (n˚16 da foto). Eu também uso uma serra ticotico para fazer cortes retos e abrir cavidades, principalmente quando quero fazer vasos para bonsai.

5 Respostas to “Ferramentas para Bonsai e Penjing.”

  1. Júlio Gomes da Silva Says:

    Ola Mestre Paulo… Vi que as ferramentas tanto para bonsai e penjings como para Modelagem celular são muitas, e sempre deixa o principiante bonsaísta na dúvida: A tesoura (4) de corte pesado pode ser usado para cortar raiz? com isso economizo a tesoura Sentei Basami? Hoje podei raiz (pouca coisa) de uma Eugenia Sprengelli com uma tesoura de poda grande (n° 7 das suas ferramentas de 1990), isso pode trazer algum prejuízo para o “futuro bonsai”?. ou pré bonsai?. grato juliusmecjgs

  2. Parabéns pelo seu blog e muito obrigado por partilhar suas experiências.
    Sou novo por aqui, estou iniciando minhas atividades com bonsai, Sou instrutor da arte marcial YAMA SHINKAIKENPO (o espírito da montanha e a lei do punho) e pretendo passar e dinfundir a arte de cultivo do Bonsai, aos meus alunos e pessoas da comunidade de onde moro, que considero fazer parte da doutrina e do espírito da arte marcial, algo que se encontra esquecido por muitos estilos de arte marcial.
    Visitarei com toda a certesa seu blog mais vezes para beber um pouco do seu conhecimento sobre Bonsais.
    E parabéns pelas suas espécies.

    OSS!

  3. Obrigado por visitar o blog, querendo divulgar sua arte é só mandar uma matéria ! abraço

  4. muito obrigada! quando eu modelar a minha primeira peça. vou enviar uma foto para você.que Deus te proteja…

  5. gilberto zanarotti Says:

    Gostei muito de conhecer as ferramentas e suas funções , muito obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: