Arquivo de Um artista de Fujiam

Um Artista de Fujiam – Criação dos elementos finais

Posted in Bonsai - Matérias especiais, Brincando com proporção, Penjing Brasil with tags , , , on 7 d e dezembro d e 2015 by aidobonsai

Aqui trago as fotografias das etapas de criação dos 4 elementos finais do meu trabalho chamado: Um Artista de Fujiam

dsc04490

PISO DE TÁBUAS CORRIDAS

Eu criei um piso para a loja em madeira, pois nas fotos em detalhe me incomodava a base da loja não imprimir visualmente como um chão na escala 20×1.  

dsc04363

Cortei as madeiras usando angelin pedra, que é macia e bem resistente. Tábuas com 4 milímetros de espessura.

dsc04365

As madeiras foram fixadas com pregos de 3 milimetros e cola de madeira.

dsc04367

Depois do piso montado, para envelhecer, pintei com betume da judéia diluido com tiner. O betume é muito bom de trabalhar, pois você consegue variações de claro e escuro.

dsc04391

CERCA DE BAMBU CHINÊS

Queria acrescentar um elemento que ajudasse a dar profundidade nas fotos; para isso optei pela criação de uma cerca com a escala igual a de bambu gigante. Eessas cercas são muito usadas nos jardins e casas do interior em toda China.

dsc04372

Para fixar a cerca usei uma ripa de madeira com uma fileira de 40 pregos. O bambu entra encaixado com uma gota de cola de madeira em sua base. A polpa do bambu ajuda a ficar bem firme, sem oscilação.

dsc04373

O que vai deixar a cerca de bambu firme é o mesmo processo da criação quando é feita no tamanho real, os bambus são amarrados com cordas na posição horizontal, dos dois lados da cerca.

dsc04375

Usei linha de sapateiro encerada na cor bege, com um milímetro, para ficar na escala de tamanho correta. Essa linha não corre e gruda no bambú facilitando muito o trabalho de amarração.

dsc04376

O que deixa a cerca forte no tamanho original é a amarração de todos os bambus entre si.

dsc04378

É muito importante a amarração em paralelo dos bambus, é isso que cria toda resistência para suportar vento e chuva.

dsc04380

O chinês usa a altura e o comprimento dos bambus para criar desenhos e grafias diferentes nas cercas das casas e jardins.

dsc04387

Aqui a cerca na sua posição final com o piso da loja.

dsc04394

BANCADAS DE TRABALHO E MESAS

As bancadas de trabalho foram feitas de 3 madeiras diferentes: maçaranduba, ipê e nagelin pedra, e nelas vão entrar os mini bonsais, vasos e arranjos.

dsc04397

TOKONOMA

Adicionei à loja um tokonoma, que é um local onde os povos  orientais mantém elementos de ordem espiritual, artística ou da natureza.  

dsc04423

O tokonoma sempre traz uma pintura  “kakimono”  ou um pensamento ligado à cultura ou religião do dono da casa. Para manter a escala, escolhi alguns Kakimonos na internet, imprimi e apliquei sobre papelão corrugado; o acabamento do suporte tem que ser de bambu ou madeira.

dsc04505

Aqui o kakimono na sua posição final no tokonoma, ao seu lado o sino da oração. Na China agricultures, ceramistas, pintores, pessoas comuns em suas casas, quando começam e encerram um dia de trabalho, dão 3 toques no sino, como agradecimento de um novo dia.

dsc04515

MONTANDO A LOJA DO ARTISTA DE FUJIAM

Piso

dsc04430

Loja

dsc04433

Cerca de bambu

dsc04442

Bancadas

dsc04397

Objetos de arte na escala 20×1.

dsc04470

O gostoso desse trabalho é a montagem, você nunca coloca os objetos de arte, vasos, mini bonsais da mesma forma, a cada dia surge uma diagramação diferente.

dsc04455

Os elementos foram criados e comprados ao longo de 3 anos, estou sempre ` procura de objetos na escala 20×1.

dsc04461

Procuro usar plantas e mini bonsais com as folhas tendo o tamanho máximo de 2/3cm.

As pequenas plantas ficam todas dentro de bandejas com terra, isso mantém a umidade por mais tempo , quando sãoregadas, nos dias de muito sol.

dsc04545

Foco em primeiro plano, vaso de cerâmica com 1cm de altura.

dsc04529

Foco no segundo plano.

dsc04531

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre na galeria e veja mais fotos detalhadas do trabalho:

Continue lendo

Um Artista de Fujiam – Penjing

Posted in Bonsai - Matérias especiais, Bonsai - Meus Trabalhos, Bonsai - Penjing e Yose ue with tags , on 21 d e novembro d e 2012 by aidobonsai

Leia a matéria, com a música que é o som ambiente do meu espaço há 22 anos. “Cantos Naturais”

Em junho deste ano comecei a criação de uma peça para compor as fotografias de mini Bonsais com tamanhos entre  4cm e 10cm de altura.  Pesquisando fotografias de lojas de artistas Chineses e de Taiwan, tive a idéia de fazer uma pequena loja Chinesa na proporção 20 x 1.

Me imaginei caminhando pelo interior da China e passando por um artista com uma loja na beira de uma estrada, onde além de bonsais, são vendidos vários produtos para uma população local.

Aqui o passo a passo do trabalho que chamei    “Um artista de Fujiam”

1- Para a confecção da base da loja usei apenas maçaranduba. Depois de tratada com Jimo cupim e betume, poderei deixar no tempo que não irá apodrecer.

2- O fundo da loja é uma peça maciça de 25cm x 30cm de altura.  Com um formão, entalhei na madeira da parede (fundo) a profundidade das tábuas corridas

3-  Aqui as duas primeiras fotos que tirei com alguns elementos para visualizar a proporção. Nesta foto ainda não tinha feito o chão, nem o telhado da loja.

4- O telhado, escolhi fazer de uma forma tradicional chinesa, eles usam bambu gigante. Escolhi um bambu bem reto na proporção 20 x 1 e cortei 50 telhas, para compor o telhado.

5- Para cortar eu uso uma serra tico tico miniatura da Dremel. Não pode se colocar força no corte, pois o bambu perde a casca e lasca com facilidade.

6- As telhas se encaixam intercaladas.

7- As telhas vão entrar sobre 3 vigas que irão sustentar todo telhado. As vigas já foram cortadas com a inclinação e caimento escolhidos.

8- As telhas serão sustentadas por 10 vigas de bambu que irão entrar unindo as traves.

9- As telhas vão sendo coladas uma a uma.

10- Aqui o telhado pronto, antes de invernizar.

11- Para o piso da loja uso uma madeira de 45cm x 35cm.  Faço os cortes horizontais, para imitar tábuas corridas,  uso retifica dreamel e formão.

12- As laterais são comidas com a retífica, para dar um aspecto de desgaste do tempo. Depois eu aumento os cortes, e dou mais sombra queimando com  pirógrafo.

13- Aqui já a base pronta, com uma mesa feita em maçaranduba.  A mesa tem 6cm x 6cm.

14- Aqui uma peça em metal que vai entrar no acabamento do telhado. A arquitetura Chinesa é muito cheia de detalhes, com muitos nichos e altares religiosos, eles são usados para proteção das casas e comércio.

15- Peça já colada  na sua posição final.

16- Fazendo uma pequena mesa de trabalho.

17- Mesa já com perfuração para os pés.

18- Mesa já colada.

19- Vassoura de limpeza. Tamanho 1cm, feita com pelo de pincel.

21- Mesa com elementos.

20- Primeira sessão de fotografias com mais elementos. Agosto / 2012

21- Segunda sessão de fotografias.  Agosto / 2012

22- Alguns elementos de cerâmica nas prateleiras da loja.  Aqui 4 peças dadas de presente pelo meu amigo Charles White. (pequenos templos e agricultor).

23- Quarta sessão de fotografias tiradas em Início de setembro / 2012

24- Fotografias com todos elementos.  Outubro / 2012.

25- O conjunto possui 159 elementos entre mini bonsais, vasos, ferramentas, lanternas, katanas, porcelanas, suisekis, panelas, etc…  Tudo na proporção 20 x 1.

26-  O conjunto todo da loja, fica guardado montado, mas sem os bonsais. Reservei um lugar em uma das bancadas onde ela se encaixa, quando chega alguma visita eu coloco os bonsais.  Ela pode ficar na chuva ? Pode sem problemas, o trabalho maior é limpar da poeira, cada vaso, cada ferramenta, quando fica ao ar livre por mais de 7 dias.

27- O que eu gostei no resultado final desse  trabalho, é que cada vez que eu monto a loja, ela fica completamente diferente.  Os elementos que não são fixos, mesas, vasos maiores, bonsais, o própio artista, podem ser deslocados, criando várias perspectivas diferentes nas fotos.

28- Sessão de fotos em 19 de setembro de 2012.  No fundo quadro pintado pela minha irmã a artista plástica, Deborah Netto.  O sol na borda do quadro é real, coloquei o conjunto na perspectiva e ângulo onde o sol se põe na minha casa, esperei ele morrer na borda da pintura e fotografei.

Últimas fotografias tiradas em 23 de agosto de 2013.  É muito bom ter deixado os elementos básicos da loja soltos, pois cada vez que eu monto a loja, ela fica completamente diferente , não tem como ficar igual.

DSC09555

Estou sempre procurando elementos para a loja e variando o posicionamento deles na hora de fotografar. Mês passado meus amigos Fernando Ramos e Luiza Vieira me deram de presente miniaturas de estátuas, compradas no Vietnam, exatamente na proporção 20X1, um presente sem igual.

DSC09573

DSC09563

DSC09557

DSC09578

Fotografias tiradas pelo meu irmão Nikolas Ramos.

64430_4565495354459_1295923821_n

1000573_4566947110752_848967243_n

Entre na galeria e veja mais fotos do trabalho:  “Um Artista de Fujiam”

Continue lendo