Archive for the Penjing Brasil Category

Espaço Aido Bonsai

Posted in Aido Bonsai, Bonsai - Meus Trabalhos, Bonsai no Brasil, Penjing Brasil with tags , on 5 d e maio d e 2017 by aidobonsai

Fotos do espaço Aido Bonsai. venha fazer um curso de Bonsai ou Penjing em um espaço que se dedica a essa arte milenar por 27 anos.  

Entre na galeria e veja mais fotos do espaço Aido Bonsai:

Continue lendo

Cursos de Bonsai 2017

Posted in Aido Bonsai, Arte - Jardim Japonês, Bonsai - Bonsaistas do Brasil, Bonsai - Sua historia, Penjing Brasil with tags , , , , , , on 6 d e fevereiro d e 2017 by aidobonsai

 

a

Venha fazer um curso e aprenda os segredos da criação do Bonsai. As técnicas podem ser utilizadas em várias formas de paisagismo e modelagem de jardins em suas casas. Se você mora em apartamento e tem uma varanda, ou uma janela que receba um mínino de 2 / 3 horas de sol por dia, você pode cultivar essa arte milenar chinesa. Leia a matéria, veja as fotos e saiba os  detalhes e valor do curso.

PRÓXIMAS TURMAS DIA  15 e 29 de JULHO.

Espaço Aido Bonsai

Como é o curso AIDO Bonsai

No início do curso é explicada a história de como surge o Bonsai e de como se formam os 19 estilos clássicos e não clásicos existentes na natureza.

Aqui mostro aos alunos que, para começar a arte, não é preciso gastar muito em ferramentas. Pelo contrário, podemos começar improvisando, mas de forma correta e priorizar o principal,  plantas e vasos para trabalhar.

Fazendo a demostração de formação e criação de um pré bonsai. A espécie escolhida no terceiro curso do dia 22 de abril foi uma eugenia sprenguelli.

Alunos:  Ricardo Andrade e Luis Berbert com árvore trabalhada pelo professor Paulo Netto na manhã do curso.O aluno e Tatuador Luis Berbert, com seu Penjing criado partindo de um juniperus horizontalis.

Cada aluno do curso trabalha um pré bonsai e leva para sua casa um primeiro trabalho. O curso fornece: pré bonsai de 8 a 14 anos de idade, vaso de pré bonsai, dvd com livro eletrônico contendo 400 páginas em PDF e 3.000 fotografias, alimentação e todo material necessário para criar seu primeiro trabalho.

Valor do curso com Pré bonsai incluido:   R$ 390,00 reais para aula em turma.

Valor do curso com tudo incluído mesnos Pré Bonsai: R$ 200,00

O aluno também pode optar por uma aula particular com tudo incluído, além de segundo dia de trabalho com revisão de dúvidas. no valor de R$ 890,00.

No curso os alunos utilizam toda área do espaço Aido Bonsai. Nessa foto minha mesa de trabalho no Espaço Aido Bonsai. No curso é utilizado todo acervo de Penjings e Bonsais criados nos meus 26 anos de dedicação à arte.

Penjing  ” Uma ponte na floresta “

Aluno Flavio Cordeiro, olhando atentamente o que deve ser podado na sua caliandra rosa.

Este curso, que é realizado em um dia, começa às  8:00 hs da manhã e termina às 18:00 hs, com meia hora para um bom lanche, o que é muito importante para que a aula seja bem dinâmica. O aprendizado tem que ter  teoria, técnica e prática na medida certa. 

Sempre tive a preocupação, elaborando o meu curso, de que o aluno não pode trabalhar uma planta sem qualidade ou um falso pré bonsai, levando para casa uma muda de baixa qualidade, como aquelas plantas que são vendidas como bonsais em vasos plásticos em supermercados e em algumas florálias.    

Recebo no meu blog muitas fotos como a de baixo, de várias espécies, sempre com a mesma pergunta:  Por que meu bonsai de 5, 15, 20 anos morreu tão rápido?

Essas plantas são responsáveis por fazerem muitas pessoas acharem que não conseguem ter um bonsai ou que simplesmente justificam como:  “Não tenho mão para planta, mato todas”.  Essas mudas são muito vendidas pelos produtores de  Holambra, e considero um crime comercial com a arte do Bonsai e do Penjing.    Alunos do primeiro curso do ano 25 de março, com seus pré bonsais.

O aluno, bonsaista e mestre de Taekwondo Ricardo Andrade com sua caliandra, que ele trabalhou como Mame no curso do dia 22 de Abril.

Existe idade para começar a praticar Bonsai?  Claro que não!  Traga seus filhos e faça um curso preparado para eles, como fez Fabrizio Cannavezes que trouxe toda a família.

Leandro Anesi saindo do curso particular com seu primeiro Penjing, mais um apaixonado pela arte da paisagem miniatura nascendo.

Se você se interessou entre em contato:

paulonetto.diretor@gmail.com

cel / whatsap: 21 970423042

a

Entre na galeria fotográfica e veja toda estrutura do meu curso básico de Bonsai:

Continue lendo

Um Artista de Fujian – Criação de suiban e da Paisagem

Posted in Aido Bonsai, Penjing Brasil with tags , , , , , , , on 21 d e março d e 2016 by aidobonsai

Aqui as fotografias das etapas de criação do suiban e da Paisagem para o trabalho “Um Artista de Fujian”.  Este trabalho é uma representação de uma casa de vilarejo no interior da China,  criada em tamanho miniatura seguindo a proporção 12×1. Criei a loja para colocar meus mini bonsais, árvores entre 10 / 3 centímetros de altura.

1- Suiban construído em Maçaranduba.

DSC04925

2- Fixação de todas as traves com pregos de aço e cola de madeira.

DSC04927

3- Madeira tratada com 3 mãos de Jimo cupin e pintada com Sparlak duplo filtro solar. Tenho um Suiban criado da mesma forma, hoje na ação do tempo, com 12 anos de idade, e estea antigo mas perfeito.

DSC04935

4-  Suiban na posição final, foi usado 6 pernas de 3 para sustentação. O suiban ficou apoiado na estrutura em forma de gol, permitindo assim ser movido por 4 pessoas, mesmo depois de cheio de terra.

DSC05065

5-  No fundo do Suiban foi colocado 3 telas, para impedir a saída do substrato.

DSC05076

6- Coloquei uma camada de 3cm de pedra 1 para possibilitar uma boa drenagem.

DSC05078

7-  Por cima das pedras uma camada grossa de areia lavada.

DSC05082

8-  Loja posicionada para colocar os Bonsais, que foram cultivados e modelados para criar a paisagem em sua volta.  O Suiban foi pintado com Betume negro da Judéia, para valorizar a estrutura de madeira da loja.

DSC05093

9-  Para o projeto preparei ao longo de 2 anos 15 Carmonas com idades variando de 18 há 3 anos.

DSC05102

10-  Para a composição usei apenas pedras de Arenito lascado, não gosto de misturar pedras diferentes na composição do Penjing, sempre acho mais natural seguir um padrão de rochas e pedras, não usando texturas diferentes.

DSC05131

11- Depois de posicionadas as Carmonas, reguei durante 10 minutos, para acentar todo substrato.  As carmonas foram plantadas usando a sua vonta uma composição de: 50% terra negra 50% substrato para hortaliças.

DSC05141

12- Loja na posição final. O tablado de madeira que é o piso da loja, é fixo fica sempre no Suiban, não é retirado. ele foi criado para encaixar na posição exata dos bonsais  de Carmonas.

DSC05175

13- Depois da loja posicionada, entram os elementos da loja. São móveis, vasos, armas, Kakimonos, Suisekis, Sinos, Bonsais, Ferramentas, ….. São 130 elementos seguindo a proporção 12×1.

DSC05224

14-  O gostoso deste trabalho é que a loja depois de montada com todos os seus elemntos, nunca fica igual, ela sempre fica diferente.

DSC05200

15- Eu levo em média uma hora para montar toda a loja do artista de Fujian.

DSC05188

16- Aqui a loja montada com todos os seus elementos.

DSC05228

Entre e veja mais fotografias do trabalho:

Continue lendo

A Escola de Kendo

Posted in Bonsai - Meus Trabalhos, Bonsai - Penjing e Yose ue, Penjing Brasil with tags , , on 4 d e janeiro d e 2016 by aidobonsai

Primeiro trabalho de 2016. Penjing   “Escola de Kendo” proporção de 6X1. DSC04903Bougainvillea em modelagem. Suiban criado em cimento e resina com 1.80 de comprimento por 1.20 de largura, 35cm de alturaDSC04869Lutadores e Kendo com 29cm de altura. Esse tronco de 47 anos foi derrubado por um temporal e enraizado com hormônio enraizador “Superdrive”. DSC04901O Bougainvillea estava em um vaso pequeno para seu porte, agora ele vai poder se desenvolver bem com o tamanho do suiban que comporta 300 litros.

DSC05438

DSC04914

DSC04876Pedras adicionais da composição da paisagem são seixos de rio naturais, o suiban foi feito na mesma textura e cor das pedras naturais. Peso aproximado do suiban 230 kilos.DSC04881

DSC04895

DSC04884

Entre na galeria abaixo e veja mais fotos do trabalho:

 

Continue lendo

Um Artista de Fujiam – Criação dos elementos finais

Posted in Bonsai - Matérias especiais, Brincando com proporção, Penjing Brasil with tags , , , on 7 d e dezembro d e 2015 by aidobonsai

Aqui trago as fotografias das etapas de criação dos 4 elementos finais do meu trabalho chamado: Um Artista de Fujiam

dsc04490

PISO DE TÁBUAS CORRIDAS

Eu criei um piso para a loja em madeira, pois nas fotos em detalhe me incomodava a base da loja não imprimir visualmente como um chão na escala 20×1.  

dsc04363

Cortei as madeiras usando angelin pedra, que é macia e bem resistente. Tábuas com 4 milímetros de espessura.

dsc04365

As madeiras foram fixadas com pregos de 3 milimetros e cola de madeira.

dsc04367

Depois do piso montado, para envelhecer, pintei com betume da judéia diluido com tiner. O betume é muito bom de trabalhar, pois você consegue variações de claro e escuro.

dsc04391

CERCA DE BAMBU CHINÊS

Queria acrescentar um elemento que ajudasse a dar profundidade nas fotos; para isso optei pela criação de uma cerca com a escala igual a de bambu gigante. Eessas cercas são muito usadas nos jardins e casas do interior em toda China.

dsc04372

Para fixar a cerca usei uma ripa de madeira com uma fileira de 40 pregos. O bambu entra encaixado com uma gota de cola de madeira em sua base. A polpa do bambu ajuda a ficar bem firme, sem oscilação.

dsc04373

O que vai deixar a cerca de bambu firme é o mesmo processo da criação quando é feita no tamanho real, os bambus são amarrados com cordas na posição horizontal, dos dois lados da cerca.

dsc04375

Usei linha de sapateiro encerada na cor bege, com um milímetro, para ficar na escala de tamanho correta. Essa linha não corre e gruda no bambú facilitando muito o trabalho de amarração.

dsc04376

O que deixa a cerca forte no tamanho original é a amarração de todos os bambus entre si.

dsc04378

É muito importante a amarração em paralelo dos bambus, é isso que cria toda resistência para suportar vento e chuva.

dsc04380

O chinês usa a altura e o comprimento dos bambus para criar desenhos e grafias diferentes nas cercas das casas e jardins.

dsc04387

Aqui a cerca na sua posição final com o piso da loja.

dsc04394

BANCADAS DE TRABALHO E MESAS

As bancadas de trabalho foram feitas de 3 madeiras diferentes: maçaranduba, ipê e nagelin pedra, e nelas vão entrar os mini bonsais, vasos e arranjos.

dsc04397

TOKONOMA

Adicionei à loja um tokonoma, que é um local onde os povos  orientais mantém elementos de ordem espiritual, artística ou da natureza.  

dsc04423

O tokonoma sempre traz uma pintura  “kakimono”  ou um pensamento ligado à cultura ou religião do dono da casa. Para manter a escala, escolhi alguns Kakimonos na internet, imprimi e apliquei sobre papelão corrugado; o acabamento do suporte tem que ser de bambu ou madeira.

dsc04505

Aqui o kakimono na sua posição final no tokonoma, ao seu lado o sino da oração. Na China agricultures, ceramistas, pintores, pessoas comuns em suas casas, quando começam e encerram um dia de trabalho, dão 3 toques no sino, como agradecimento de um novo dia.

dsc04515

MONTANDO A LOJA DO ARTISTA DE FUJIAM

Piso

dsc04430

Loja

dsc04433

Cerca de bambu

dsc04442

Bancadas

dsc04397

Objetos de arte na escala 20×1.

dsc04470

O gostoso desse trabalho é a montagem, você nunca coloca os objetos de arte, vasos, mini bonsais da mesma forma, a cada dia surge uma diagramação diferente.

dsc04455

Os elementos foram criados e comprados ao longo de 3 anos, estou sempre ` procura de objetos na escala 20×1.

dsc04461

Procuro usar plantas e mini bonsais com as folhas tendo o tamanho máximo de 2/3cm.

As pequenas plantas ficam todas dentro de bandejas com terra, isso mantém a umidade por mais tempo , quando sãoregadas, nos dias de muito sol.

dsc04545

Foco em primeiro plano, vaso de cerâmica com 1cm de altura.

dsc04529

Foco no segundo plano.

dsc04531

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre na galeria e veja mais fotos detalhadas do trabalho:

Continue lendo

O caminho do Kenjutsu – Penjing

Posted in Bonsai - Meus Trabalhos, Penjing Brasil on 26 d e novembro d e 2013 by aidobonsai

DSC04911

Aqui um trabalho realizado com um Ficus benjamina. Essa árvore eu peguei em 1994 no Bon Marché da barra em uma caçamba de lixo. Ela tinha 2 metros de comprimento e eu reduzi para 70cm.

DSC04883

Hoje ela está plantada em uma lage de pedra São Tomé. Sua copa foi recriada ao longo de 8 anos.

DSC04876

Lutadores feitos em resina. Altura 30cm

DSC04894

A sua base não tinha nenhuma raíz exposta, hoje ela está com o Nebari bem definido.

DSC04896

DSC04874

O caminho da técnica da espada.

Kenjutsu, em tradução literal: “Técnica da Espada”, é a arte marcial japonesa clássica do combate com espadas. Pode também ser chamada de kendo ou heihô/hyôhô , entre outras denominações possíveis.

Ken -Espada           Jutsu – Técnica

461px-Drawing_-1by-_Antonio_LaMotta_founder_of_Shinobi_Kai_Kenjutsu

Existem vários estilos de kenjutsu. Os primórdios da arte remontam ao período Kofun da história japonesa, com registros sobre o Kashima-no-Tachi , ou “espada de Kashima”, supostamente ensinada aos soldados Sakimori , que eram destacados para proteger as fronteiras contra as ameaças externas do Japão.

DSC04867

A evolução do kenjutsu se deu basicamente na região de Kashima, Ibaraki, onde havia sete estilos sob a supervisão de sete sacerdotes xintoístas, e na região de Kyoto, onde havia oito estilos sob a supervisão de oito monges budistas.

DSC04893

 

Ken – Espada      Dô – Caminho = KENDO           “O caminho da Espada”

maai

DSC04873

DSC04912

Entre na galeria e veja mais fotografias do trabalho ” O caminho do Kenjutsu”

Continue lendo

Penjing – A Pedra do Mar

Posted in Bonsai - Meus Trabalhos, Bonsai - Penjing e Yose ue, Penjing Brasil with tags , , , on 20 d e julho d e 2013 by aidobonsai

DSC08924

Leia a matéria, com a música que é o som ambiente do meu espaço há 22 anos.

Criei essa paisagem usando 4 elementos básicos:

1- Pedras que coletei em uma ressaca em 1995. Queria usar a rocha principal em uma bandeja que permitisse que ela ficasse deitada, pois ela tinha uma fenda em toda sua extensão e era bem sinuosa, produzindo uma linda profundidade.

DSC08880

DSC08884

2-  Pithecolobium torthum

DSC08860

3- Bromélias

DSC08899

4- Suiban de cimento, pintado na cor negra. Essa base de cimento você pode comprar em qualquer floralia, ela vem sem perfurações para escoamento de água, com uma broca de aço para concreto fiz um total de 16 perfurações.  Coloquei tela em toda sua extenção.

DSC08854

Abaixo as etapas de montagem do Penjing:

a) Base de caco de tijolo triturado em toda extensão da bandeja, para evitar retenção de água.

DSC08866

b) Camada de substrato:  40% pedrisco / 10% caco de tijolo / 30% terra negra / 20% condicionador de solo

DSC08869

c) Pithecolobium torthum colocado na posição escolhida.
DSC08872

d) Pedra principal na posição.

DSC08885

e) Pedra secundária na posição.

DSC08891

DSC08892

f) Bromelias e musgo já plantados.

Frente

DSC08981

Traz

DSC08988

Trabalho finalizado:

Frente

DSC08971

Costas

DSC08985

Outros ângulos e detalhes:

DSC09073

Posicionando algumas miniaturas, para olhar a proporção.

DSC09036

DSC09023

DSC08986

DSC08994

DSC09001

DSC08956

Entre na galeria e veja todas as fotos do trabalho:

Continue lendo