Archive for the Arte – Oriental várias Category

Fotos Antigas do Japão

Posted in Arte - Oriental várias with tags , , on 14 d e junho d e 2009 by aidobonsai

Gostaria de indicar aqui um site chamado “Old photos of Japan”. Este site traz fotos incríveis do Japão. Seu povo, castelos, cidades, vilas, crianças, são muitas categorias de fotogtafias com excelente qualidade. ao lado o link do site: http://oldphotosjapan.com

samurai

Samurais 1880

Jovem família- 1890 (Periodo Meiji)

Jovem família- 1890 (Periodo Meiji)

1a_ENAMI_-_T_Enami_1859-1929_-_Self_Portrait_ca_1898_ddd.92155630_std

Samurai - 1859

495

Povo Ainu - Guerreiro - 1880

1

Gueixa - 1858

105

Mulheres praticando Naginata em Okayama- 1935

 No site original (http://oldphotosjapan.como arquivo é muito completo e detalhado,  todo dia tem fotos novas.Entre na galeria e veja mais fotos antigas do Japão:

Continue lendo

As estátuas de Buda

Posted in Arte - Oriental várias, Fotografia - Galerias with tags , , , on 28 d e maio d e 2009 by aidobonsai

 

A vida do Buda

 

Segundo a tradição budista, Sidartha Gautama, o buda histórico, nasceu no clã Shakya, no início do período Magadha (546-324 a.C.), nas planícies de Lumbini, no sul do Nepal.

attaining-enlightenment

Sidartha Gautama vivia isolado em seu palácio ao meio do luxo e da ostentação. Insatisfeito com a futilidade de sua condição, resolveu abandoná-la e, ao se deparar com o sofrimento, a velhice, a doença e a morte, que não conhecia, juntou-se aos monges brâmanes tornando-se um asceta errante. Por meio do jejum e da penitência queria encontrar respostas para o sofrimento universal.

2750392373_4e2254e643_o

A vida contemplativa, no entanto,não foi suficiente para responder a seus questionamentos sobre o sofrimento universal. Inquieto, Sidarta abandonou os monges e passou a seguir seus próprios caminhos, de solidão e meditação, rejeitando o ascetismo e buscando um caminho intermediário entre o luxo e a automortificação, capaz de conduzi-lo à verdade. Após 7 semanas sentado ao pé de uma figueira, impertubável diante das tentações do demônio Mara, encontrou finalmente as respostas que procurava, chegando assim à iluminação.

2_0005

Sidarta alcançou assim o Nirvana (“extinção da chama da paixão e dos desejos”). A partir desse momento, tornou-se Buda , o Iluminado, passando a questionar as verdades dos Vedas e seus ensinamentos. Nos quarenta e cinco anos seguintes percorreu a planície do Ganges, na região central da Índia, ensinado as suas doutrinas a um grupo heterodoxo de pessoas.

531348903_8ea8255e4e_b

A sua relutância em nomear um sucessor ou em formalizar a sua doutrina levaria à formação de vários movimentos nos séculos seguintes. Em primeiro lugar surgiriam as escolas do Budismo Nikaya, das quais só sobreviveu o Theravada, e mais tarde o Mahayana.

2806281537_f84edb59a1

 Entre e leia a matéria sobre Buda e veja a galeria com incríveis estátuas:

Continue lendo

Tori – Uma passagem para o mundo espiritual.

Posted in Arte - Filosofia, Arte - Oriental várias, Bonsai - Matérias especiais, Fotografia - Japão with tags , , , , on 17 d e maio d e 2009 by aidobonsai

3574819780_9e4f90cc98_o

Foto de Tori em Hakone no Japão : Okinawa Soba (Flicker)

O Tori é um portal que representa para aquele que entra em um templo Xintoísta uma separação do mundo físico do espiritual. É construido de maneira tradicional em madeira de lei (Cedro, Momiji, Pinheiro negro, entre outras). Ele é formado por duas colunas que sustentam o céu e por vigas transversais que representam a terra; é um símbolo de muito poder e fé para os povos orientais.

bougainvillea2_waldo

Na fotografia abaixo um Tori de um templo Xintoísta de 400 anos, misteriosamente intacto, mesmo estando no epicentro da explosão atômica de Hiroshima.

Tori

Gostaria de dividir uma experiência que aconteceu em minha casa. Assim que eu me casei construi na entrada do meu ateliê “Aido Bonsai” um Tori nas especificacões japonesas.

a) Foi usado madeira de lei (maçaramduba) apenas encaixada.

b) O Tori não toca nada à sua volta, apenas plantas naturais.

c) Foi construído na medida menor permitida: 3 metros e meio de altura.

d) Ao seu lado e na sua frente, 4 guardiões (leões) guardam sua entrada.

e)  No centro atrás dele, olhando a entrada, está uma estátua de Buda.

fotos-paulo-netto-013-1

Em 1999, uma árvore típica da minha região (Batão) de 35 metros de altura, que ficava na frente do Tori, caiu em cima de todo o espaço dos bonsais. A árvore estava com uma parte grande da base de seu tronco podre e comida por formigas negras por dentro, de uma forma que não era possível observar nenhuma mudança no tronco na parte externa. O formigueiro tinha seu ninho no chão e entrou na árvores por debaixo da terra, pela raíz central.

Aido tori 1Numa tempestade um vento sudoeste derrubou a árvore. Eu acordei à noite com o estouro do tronco; a árvore caiu inteira, com sua copa de 100 metros quadrados em cima de todos os bonsais. Quando a foto foi batida nós já tínhamos tirado o tronco maior  que estava a direita do Tori impossibilitando a entrada pelo portão.

Aido tori 101

Eu, às vezes aramando os meus bonsais, quebro alguns galhos mais frágeis. No dia seguinte, com ajuda do meu empregado, começamos a retirar a árvore pelo lado externo, quando tivemos espaço para entrar pelo Tori. Das 180 árvores que estavam dentro do espaço, parecia que elas tinham se encaixado entre os espaços dos galhos e troncos do batão. Eu não perdi um galho sequer de todos os bonsais. Mesmo estando na frente da árvore, o Tori não sofreu absolutamente nada.TORI 6

No santuário Xintoísta de “Itsukushimajinja” existe um Tori que é um reconhecido como um dos principais do Japão. Formado por 4 grandes troncos está situado dentro do mar. Em uma festa chamada “Kangenmatsuri”, quando a maré está mais alta, é levado numa procissão uma  árvore sagrada plantada no interior de um barco, este barco vai navegando desde a orla até atravessar o portal.

13 tori1

Entre na galeria com 90 fotos de Toris no Japão : Continue lendo

Fotos da exposição do centenário do Japão no CCBB.

Posted in Arte - Oriental várias, Arte Marcial, Arte Marcial - Katana with tags , , , , , , , , , on 4 d e maio d e 2009 by aidobonsai

Aqui estão as fotos da exposição do centenário da migração Japonesa no Brasil, que foi organizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil. Foi maravilhoso poder olhar pessoalmente katanas (espadas)  e armaduras Horoi tão bonitas.

dsc097341

dsc09751

dsc09783

Entre na galeria ou veja o slideshow com as fotos de todas as armas da exposição: Continue lendo

Desenhos do Japão (Exposição do CCBB)

Posted in Arte - Oriental várias, Arte - Pintura Oriental with tags , , , on 4 d e maio d e 2009 by aidobonsai

Gostaria aqui de dividir com os amigos desenhistas e amantes da cultura japonesa os 50 desenhos que eu fotografei na exposição do Centro cultural Banco do Brasil, em comemoração do centenário da migração japonesa no Brasil. Vou colocar aqui em uma boa resolução pois os detalhes dos desenhos são maravilhosos.dsc097951

dsc098781

dsc09946

Entre na galeria e veja 50 desenhos da exposição do centenário: Continue lendo

O desenho, a pintura e o Bonsai

Posted in Arte - Oriental várias, Arte - Pintura Oriental with tags , , , , , on 5 d e abril d e 2009 by aidobonsai

 

 O suiboku-ga (pintura à tinta), mais conhecido como sumiê,  a arte da pintura japonesa, tem suas bases e influências na própia arte da caligrafia chinesa. É uma técnica de pintura em preto e branco originada em mosteiros budistas da China, na época da dinastia Sung (1990a.C). Trazida ao Japão pelos monges zen a partir do século XIV, o sumiê possuía temáticas religiosas que representavam elementos budistas, como o círculo, que indicava o vazio interior, ou a natureza, como as rochas e a água. O mais importante no Suiboku-ga é retratar de maneira simples a essência do elemento que vai ser retratado, mais do que o detalhe da aparência exterior. Pássaros, flores e  paisagens passaram a ser pintados a partir do século XV.desenhos-68-bonsai

Como o suiboku-ga possui traços semelhantes aos da caligrafia chinesa, muitos materiais utilizados na técnica podem ser aproveitados para a pintura, como o pote para colocar a tinta (suzuri), o pincel (fude), o papel (kami ou washi) e a tinta (sumi), esta última feita de carvão diluído em água. Entre as  ferramentas mais importantes estão os pincéis, pois a qualidade da pintura depende muito deles. Existem em quantidade muito grande, feitos com variados tipos de pelos; porém, há três categorias básicas: o grosso serve para desenhar, o suave para colorir e os dois usados juntos.

desenho-5201

Fabricado manualmente, o papel é geralmente feito do arroz, mas pode vir também da polpa do bambu. O papel mais comum é o xuan, de superfície branca, leve e absorvente. Utiliza-se também o papel de alumínio e cola, que possui uma superfície menos absorvente, sendo adequado para trabalhos com linhas finas.

O pai e a mãe do Suiboku-ga:

O bambu caracteriza a simplicidade da vida, por isso é o pai de espírito humilde, calmo e sábio, qualidades valorizadas no zen-budismo.  O bambu representa o  inverno e é o tema mais pintado no oriente.sumie_bamboo Seu tronco simboliza a força e as virtudes do sexo masculino, refletindo um senso de equilíbrio perfeito. Seu centro é oco, remetendo ao sentido de vazio interior do zen. Sua retidão é comparada ao caráter íntegro e o tronco firme lembra a estabilidade inabalável, apesar de flexível.

desenho-musashi-2

Hotei observando uma rinha de galos, por Miyamoto Mesashi. Museu de arte de Fukuoka.

Como esta arte retratou a história e vários momentos na cultura do Japão e da China, é natural que algumas obras mostrem bonsais e penjings. Na galeria que está incluida neste post coloquei vários desenhos antigos e modernos, que nos dão inspiração e nos transportam para um Japão e China antigos, cheios de magia e de conhecimentos que são perpetuados com tinta e papel pela mão do homem.

Muitos dos desenhos são dos livros: Nipon Bonsa Association, Miniatura Bonsai de Gustafson, Bonsai Remy Samsom, Penjing de Oigquan Zhao e O Samurai de William Scott Wilson. 

Entre na galeria e veja vários desenhos e pinturas:

Continue lendo

O Tokonoma e o Bonsai

Posted in Arte - Oriental várias, Bonsai - Matérias especiais with tags , , , , , , , on 1 d e janeiro d e 2009 by aidobonsai

O TOKONOMA

Quando olhamos os belos livros de arquitetura e decoração japoneses, e as casas tradicionais, vemos em destaque um ambiente artístico religioso chamado tokonoma. Este ambiente tem sua origem no butsudan (oratório budista).

Tokonoma

Chamado também de Oshiita, este ambiente é embutido na parede com cerca 4 metros quadrados, a 10 cm do chão, e com um mínimo de 60 cm de profundidade. É tradicional a exposição de um pergaminho em escrita tradicional, contendo em transcrições de sutras –  ensinamentos das divindades, provérbios ou pensamentos de grandes mestres. Continue lendo